segunda-feira, 19 de setembro de 2011

El Morya

       Ao pé da montanha do Himalaia, erigiu El Morya, o Ascensionado Mestre, o seu Santuário: o foco de irradiação da Santa Vontade de Deus. A estrada, após várias curvas, conduz ao alto da montanha até as proximidades do imponente palácio branco. Da escadaria avistam-se os picos majestosos das montanhas do Himalaia, que se elevam acima do horizonte.


       De um lado da entrada principal, o Bem-Amado El Morya tem confortável salão onde recebe seus amigos. Pela janela, avista-se um jardim florido. No seu piano de madeira de pau-rosa, junto à janela, ele costuma tocar com seu irmão Kuthumi. Há sempre fogo na lareira, cuidado pelo seu fiel serviçal. Mesmo que o mestre não esteja presente, crepita, sempre, um fogo neste belo e elegante aposento – para alegria e estímulo de seus visitantes e hóspedes. Do outro lado da galeria, existe o grande salão de conferência, onde El Morya regula, com seus discípulos e pessoas influenciadas do mundo das formas, os planos que, pela Vontade Divina, deverão ser realizados aqui na Terra.

       No hall de entrada existe uma estampa do Taj Mahal da Índia. Foi construído há centenas de anos pelo seu dileto irmão de luz Kuthumi. Com ele, El Morya trabalhou em muitas encarnações, para dar, na Terra, o impulso da Vontade Divina. O cunho atmosférico que o Bem-Amado Mestre Ascensionado imprimiu ao seu lar e santuário está entre o agradável e o gosto apurado. O espaçoso templo de sua propriedade é primoroso. Seu altar com o foco de irradiação da Sagrada Chama da Vontade de Deus é adornada de diamantes e preciosas safiras. As paredes são revestidas de um delicado azul elétrico. As janelas de lindo vidro colorido, onde predomina a cor azul, representam cenas das vidas de El Morya; por exemplo: os sábios do Oriente, quando seguiam a estrela para Bethlehem, os nobres das Cruzadas a Jerusalém, a famosa estátua do tocador de harpa de Tara, e muitíssimas outras representações desconhecidas para a humanidade de hoje. Uma das janelas tem como lembrança o Elohim Hércules, em outra janela o Arcanjo Miguel; estes dois servem ao El Morya, no primeiro raio. As outras cinco janelas ainda serão preenchidas com futuras ações do Grande Príncipe do Amor.

       El Morya é o Grande Mestre que tem responsabilidades pela orientação de desenvolvimento da Ásia e seu povo. Ao mesmo tempo, pertence-lhe o controle dos governos de todo o mundo. Ele é o representante de todo o poderio e domínio; é magnânimo, digno e austero, não só no reino da vida exterior, pois isto predomina em todos os pontos para onde ele dirige sua atenção.

       Desde os tempos do Rei Arthur estão em seu poder o GRAAL e a ESPADA DE DIAMANTES – símbolos das forças dos dois pólos que representam a imanente e latente Vontade de Deus. O GRAAL (A Taça Sagrada) significa a consciência em direção ao Alto, para receber ou fluir a Vontade de Deus e a Inspiração do Plano Divino para manifestar esta mesma Vontade. A ESPADA significa Ação e o cumprimento ou consumação da dirigida Força Divina. No Oriente, muitas pessoas realizaram a determinação do GRAAL, mas nos dirigimos para o Ocidente, para que estes povos também possam manipular a Espada e para que a Vontade de Deus possa manifestar-se através das forças dos homens, aqui na Terra.
       É a criação da consciente Vontade de Deus que magnetiza esse Santuário de El Morya e é irradiada na atmosfera, oferecendo  resistência a toda concepção negativa das criações humanas (de formas-pensamentos) que os humanos pensam que seja a Vontade de Deus. Deste Templo é irradiada, ininterruptamente, a FÉ na Misericórdia de Deus. Como raios de Sol, ela flui no sentimento, na mente e no mundo dos homens. Desejar fazer a Vontade de Deus significa ativar e expandir a Luz do Cristo em cada pessoa. Este é o trabalho de El Morya e sua Fraternidade da Vontade Divina: manter acesa a Chama em Darjeeling.

       Procurai ir várias vezes, por meio de vossa consciência, ao Lar e ao Santuário do Bem-Amado El Morya. Sentai-vos ao pé do fogo, em Seu salão. Recebei e absorvei os Raios de Sua Fé e o desejo de fazer frutificar na Terra o Reino Divino. E observai: poucos sabem, até agora, da existência de seu Santuário. Poucos são convidados para ir à sua Residência e à sua Presença. Vós sois alguns destes poucos! E pensai sobre isto: como deveis aproveitar o momento oportuno desta preciosa ocasião. O que vós hoje quereis aprender e aplicar, isto será decidido sobre as futuras bênçãos.

                                                   O Bem-Amado Mestre El Morya Diz:

       “Saudação e Benção, Amor, Luz, Liberdade, Esperança, Coragem, Força, Energia de Vida e o Fogo de Darjeeling aos homens, filhos e filhas da Terra, ao reino dos elementais, aos coros dos Anjos, aos Seres Cósmicos, Mestres Ascensionados e a todos os que, em suas consciências, colocarem as atenções no coração da Índia, e a todos os que queiram abrir, livremente, a porta de suas consciências, para receber a Força da Vontade dos Seres Divinos.

       Para todos os humanos de toda parte, Eu digo: isto é o FIAT do coração da Criação que se manifesta pela Vontade de Deus em vossa vida, em vossos esforços e mentes. Eu digo estas palavras ao mundo da Mente e Sentimento de todo o planeta, na massa de gemidos desta estrela em trevas, em cada invólucro que cobre com sombras cada filho e filha do reino das maravilhas, porque os filhos de Deus esqueceram sua finalidade divina e perderam a conquista de seu mestrado.

       A Vontade de Deus é Boa!
       A Vontade de Deus quer dizer: uma criatura livre.
       A Vontade de Deus quer ajustar o Eixo da Terra e suavizar o desequilíbrio do clima.
       A Vontade de Deus quer que cada pessoa, por si mesma, adquira provisões e material, para preencher as suas necessidades de cada dia.
       A Vontade de Deus quer que desapareçam doenças, mortes, pobreza, limitações e desequilíbrio da mente e do corpo; que desapareçam a indisciplina, a impureza, a falta de amabilidade; que novamente brilhe a luz elementar; que a Terra sustente, novamente, as cores claras, a brilhante beleza que ela possuía quando se destacou ao sair do corpo do Elohim.
       A Vontade de Deus quer que não haja mais véus entre Deus e o homem e que os anjos, Devas e o homem e todos os seres divinos, livremente, possam conviver com toda Vida na Terra, falando e andando em harmonia.
       Isto é a Vontade de Deus: o coxo deve ser curado, o fraco deve levantar-se, o doente deve sentir-se bem e achar novamente compensação e equilíbrio. Todos devem entrar no retiro oculto de seu sagrado coração e contemplar a sua própria e enaltecida divindade, face a face. Deverá cada um estar tão bem entrelaçado com sua Luz Divina que a sua própria forma reflita a grandeza da perfeição que no início da Criação é conferida a toda pessoa.

       Já é tempo de que a Vontade de Deus penetre com tal violência e potência na consciência da humanidade que não haja mais tatear em redor, na sombra e nas trevas; que limitações não sejam mais reconhecidas como parte integrante das grandes causas mundiais. Quem quiser ajudar a todos os seres não ascensionados deverá enviar-lhes três vezes por dia, estas poderosas frases – se possível com a palavra falada, audível e tornar-se-á, espontaneamente, o Eu Sou em atividade:

       A Vontade de Deus é o Bem
       A Vontade de Deus é Luz
       A Vontade de Deus é Felicidade
       A Vontade de Deus é Paz
       A Vontade de Deus é Pureza
       A Vontade de Deus é Equilíbrio
       A Vontade de Deus é Bondade.

       Assisti por muitos séculos como a humanidade ignorou a doutrina sobre a Vontade de Deus e conformou-se em debater as situações... ISTO DEVE CESSAR! A própria vida é o Poder da Maestria e na minha total Provedora Força Cósmica, a pressão é certeza e Fé na Realização deste vivo Conteúdo de Vontade.”
                                                      [O Primeiro Raio - FEEU]

Rayom Ra

[Leia Rayom Ra (Rayom_Ra) on Scribd | Scribd em páginas on line ou em downloads completos ]
[Os textos do Arca de Ouro, por Rayom Ra, podem ser reproduzidos parcial ou totalmente, desde que citadas as origens ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário