sábado, 24 de setembro de 2011

Arcanjo Jofiel e Elohim Cassiopéia

                                   
       O Arcanjo Jofiel é o grande instrutor divino dos anjos, dos humanos e dos seres elementais, daqueles que desejam aumentar seus conhecimentos sobre a vida e as sagradas leis de Deus. Esses conhecimentos elevam suas capacidades e os habilitam a servir em maior escala. O Grande Arcanjo Jofiel procurou angariar a oportunidade de servir a Deus integralmente, no coração do universo, como instrutor divino. Ele procurou obter o direito de exercer este cargo depois do estudo e preparo necessários para servir nesta finalidade. O Templo da Luz de Jofiel localiza-se na esfera interior; é de tom dourado, o símbolo do Segundo Raio. Neste templo, bondosos seres servem Jofiel e instruem as legiões de anjos sobre o modo de expandirem seus poderes de amor e luz, para que possam propagar maiores bênçãos para toda a vida.  Eles também ensinam aos homens, àqueles que desejam desenvolver e difundir o Saber no campo do ensino, no campo da forma. Estas irradiações da vida são ministradas à noite, no Templo da Iluminação, durante o sono do corpo físico.

       No Templo da Iluminação de Jofiel são, também, instruídos os abnegados e dedicados seres elementais. Todos os colaboradores do Arcanjo Jofiel se dedicam a dilatar a compreensão de cada ser consciente de inteligência de qualquer vida, desde que necessite desta ajuda, indiferentemente a qual dos reinos pertença.

      Seu trabalho está firmemente ancorado na consciência dos dedicados alunos, que é o desejo de trabalhar. Através de sua irradiação da divina virtude – a perseverança anima a atividade da Chama de Cristo em cada coração humano até conseguir a consumação. Arcanjo Jofiel e Constância são instrutores do Templo Dourado da Iluminação. Eles enriquecem cada consciência que procura assistência e capacidade para refletir elevadamente os maravilhosos ideais divinos.

       Do templo de Jofiel são dirigidos os raios de luz dourada para todo local de ensino e educação, como também aos templos e escolas, aqui na Terra. Os anjos do ensino e iluminação guiam e irradiam estas correntes da educação, do estímulo e inspiração aos professores destas escolas, templos e locais de ensino. Os grandes sábios que se interessam pelos diversos aspectos das leis espirituais ou ciências naturais são, igualmente, os receptores dessas correntes de irradiações de energia dos mesmos templos. Oportunamente, os homens recebem na Terra um instrutor “invisível”, e a instrução lhes é dada em forma de intuição, inspiração ou sonho.
                                                                Arcanjo Jofiel diz:

       De um Sol situado por trás do vosso, dos Pais do nosso Sistema e dos Pais de cada galáxia, eu vos trago Luz! Luz! Luz! Para vossas almas, para vossas consciências. Deveis experimentar o que a Chama da Iluminação pode significar para vós. Algumas pessoas dizem: “Quando eu me realizar, servirei ao Senhor”. Mas o homem é medido pelo que ele faz no Eterno Agora. Todas as coisas, em todos os séculos e em todos os planetas, foram realizadas por poucos. Uma consciência que mede os resultados em números, não é durável. Nunca é a massa dos homens, porém são poucos os que, pela esperança de realizar uma visão, apresentam um grande plano, projeto ou estudo. Somente dois Seres do coração do Sol viram um Sistema Planetário.

       Sete Elohim criaram os planetas. Só existem sete Arcanjos que, através de suas consciências, corpos e mundos, fluem a energia total dos Sete Poderosos Raios para alimentar a natureza espiritual dos homens, seres elementais e reinos dos anjos. E Sete Diretores – Os Chohan – regem, controlam, aconselham e desenvolvem dez bilhões de emanações de vida que ocupam a Terra como ambiente de aprendizagem. Enquanto existir um único homem (ou mulher) que necessite da manutenção do planeta em que esteja ancorado no Coração de Deus, terá de sobreviver este planeta, até que o retardatário atinja, com o pleno poder do Eu Sou, a Presença de Deus Todo-Poderoso, onde quer que tenha o seu ponto focal de irradiação.

       É minha aspiração e meu propósito na vida ensinar a consciência para descobrir em si mesma o poder da luz. Nesta segunda grande esfera são dadas a todos os seres três evoluções e a desejada instrução para tornar-se um mestre de energia, a fim de ser capaz de transmitir estes ensinamentos aos que assim desejam e necessitam, para elevá-los ao máximo de seu aperfeiçoamento na escada da evolução.

       Na segunda esfera, as idéias se cristalizam. É quase a mesma coisa em vosso mundo. Vós recebeis uma idéia abstrata e dizeis: “Quero fazer uma viagem”. Então diz vossa inteligência, que aqui representa a segunda esfera: “Bem, vamos usar esta idéia abstrata e fazer algo. Tracemos um plano de viagem às Ilhas Canárias, ou à Inglaterra ou a algum outro lugar”. Ou recebeis esta idéia para uma nova casa. Vossa mente a recebe e dizeis: “Quero uma casa com oito compartimentos, com um jardim de inverso”, Nesta esfera cristalizam-se as idéias em forma prática e realizadas. Visualizai o plano para uma casa, para um presente ou qualquer outra coisa e trazeis esta imagem para a segunda esfera. (1) Se vos agrada, nele flui vossa sensação. Carregai estas formas com energia, e a pressão dos vossos sentimentos dará a vida para a sua manifestação.

       (1) Na visão, e práticas ocultistas, não importam as nomenclaturas, uma vez que as leis de materializações são sempre as mesmas. Num Superior Propósito, a idéia abstrata provém, inicialmente, do campo intuicional – o plano búdico – e ao cair na segunda esfera mencionada, dirige-se da divisão superior do plano mental, chamada de mental abstrato, para a área do plano de materializações, chamada de mental concreto. O plano mental, portanto, se divide em dois segmentos básicos: o abstrato e o concreto.
       O plano mental concreto é, deste modo, o responsável por formar arquétipos, modelos ou formatar as imagens que se queiram materializadas. No entanto, para que isto aconteça, torna-se necessário ativarem-se os átomos do desejo, emoção ou sentimento, que se transformam assim nos veículos que descerão do plano astral para o plano etérico-físico, revestindo a idéia original com a matéria melhor organizada para os eventos concretos.
       Isto é levado a efeito com alguma perseverança consciente ou inconsciente. Sendo consciente será mais rápido, embora não seja de um dia para outro, e as idéias estando bem modeladas no mental, devem ser, após, igualmente, imaginadas pontes ou portais que favoreçam, respectivamente, a descida da(s) imagem(s) do mental para o astral e deste para o etérico-físico. Assim agem os ocultistas que desejam ver materializados os seus projetos. Há, no entanto, que se precaver contra a ambição desmedida e desejos impuros para não ver seu projeto ir parar nas mãos das forças negras, passando-se de senhor para indigno servo. As imagens, quanto mais claras e nítidas, melhor favorecerão para os resultados. (Rayom Ra)

                                                               Elohim Cassiopéia

  Foram os Sete Elohim quem criaram o Planeta Terra, da substância da Luz Primitiva – como um belíssimo e iluminado lugar para todas aquelas crianças divinas que desejassem aprender a manejar a energia vibratória do planeta, irradiada através das consciências de Cassiopéia e seu complemento Minerva, para determinar a forma da Terra e o número de pessoas que, em seu apropriado tempo, poderiam povoá-la para trazer a evolução. A Sabedoria Divina determinou o tempo que cada uma dessas pessoas deve permanecer encarnada, aqui na Terra, como também determinou o tempo necessário para o descanso da alma, e enfim, o momento oportuno em que, novamente, cada criatura deve encarnar-se para realizar o seu plano divino

       Os Filhos de Deus sempre foram dotados da verdadeira Sabedoria Divina. Muitas vezes, já serviram sem conhecer seus verdadeiros benfeitores, no concentrado Raio Dourado do coração do poderoso Cassiopéia e da deusa Minerva, ou do Arcanjo Jofiel e Constância, e de irmãos mais Velhos que são chamados Instrutores dos Mantos Dourados. Estadistas amigos dos homens, artistas, homens pesquisadores da ciência, homens de beca ou toga, como também instrutores do ocultismo, serão sempre inspirados pelos seres divinos do Segundo Raio, quando seus objetivos forem puros e não apenas gananciosos, em sua procura de conhecimentos.

       O poder de discernir é o dom do Segundo Raio e ajuda todo Filho de Deus a procurar e encontrar o conhecimento impessoal, meditar sobre a sabedoria conquistada, aceitar ou rejeitar a verdade que lhe é dada como matéria de pesquisa.

                                                                  Elohim Cassiopéia diz:

       Eu Sou Cassiopéia, o Elohim da força concentrada da atenção. Sem este predicado a inteligência não pode aceitar nem saber, tanto aqui como depois. O poder da atenção é a porta aberta para vosso pensar e vossa consciência total. Nosso Raio traz sabedoria iluminada do Plano Celestial de Deus e Seu Propósito, Sua Intenção aos homens da Terra. Por meio de Sua atenção para este projeto, abrem-se as portas e os portões. 

       A Terra encontra-se na situação cósmica das “dores”. Os raios da energia inteligente – que vós chamais de Luz Cósmica -  são verdadeiras substâncias de luz dirigidas constantemente à Terra pela Força da Consciente Energia dos Seres Cósmicos. Um desses raios é a Chama Dourada da Iluminação Cósmica, do coração que pertence a determinada hierarquia espiritual, que há eons é dirigida à Terra.  Este Raio da Iluminação age constantemente sobre vosso planeta. Os homens começam, agora, a dirigir suas atenções a Deus, e assim, fecha-se o círculos dos raios dirigidos da atenção dos homens de volta ao seu lar, ao Céu. Meu campo de trabalho é observar o que determina Deus-Pais, e o que deseja que seja realizado. O motivo e a meta do Segundo Raio é a Percepção e a Atividade Iluminada, Reflexão do Plano de Deus e Projetos de Deus.

       Se encontrais a solução e vos submeteis à Vontade de Deus, em primeiro lugar deveis receber a idéia de Deus e a instrução de como a aplicar. Daí, a primeira coisa é Silenciar o pensamento, depois de ter encontrado a Solução para fazer algo.

       No fundo, vossa atenção aceita todos os acontecimentos dos sentidos e do corpo do pensamento, até onde vossa vista pode alcançar – bem ou mal – em vosso mundo mental e dos sentidos, formando uma imagem pessoal. Os corpos dos pensamentos dos homens são como prateleiras onde, durante largo tempo é armazenada toda espécie de coisas. São cheias de teias de aranhas e toda a sorte de dissonâncias de representações humanas. Muitos pensamentos estão cristalizados e outros estão em movimento de dissolução.

       No começo, quando recebíeis o vosso corpo do pensamento do Coração da Criação, nele havia esferas de luzes cristalinas. Nelas vós recebíeis claras e puras imagens, maravilhosas idéias e formas de vosso Próprio Ser Crístico. Enquanto ledes e ouvis tudo isto, deixo minha chama flamejar atravessando vossa consciência objetiva. Deixai afastar-se vossa antiga concepção humana.
                                                               [O Segundo Raio - FEEU]

Rayom Ra

[Leia Rayom Ra (Rayom_Ra) on Scribd | Scribd em páginas on line ou em downloads completos ]
[Os textos do Arca de Ouro, por Rayom Ra, podem ser reproduzidos parcial ou totalmente, desde que citadas as origens ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário