domingo, 3 de julho de 2011

A Instauração do Parlamento Espiritual Planetário



       Prezados leitores:

       O texto aqui apresentado é seguramente um dos mais importantes até hoje divulgados nestes preâmbulos de uma Nova e Redentora Era para a humanidade. Desde os meados do século passado, intensificam-se as mensagens de seres luminares que se aproximam da humanidade através de médiuns, videntes, telepatas, inspirados, iniciados e intuitivos, com o objetivo de nos conscientizar sobre os novos tempos já chegados. Em suas seguidas mensagens, esses Irmãos Maiores - legítimos representantes da Fraternidade Branca Universal, regente da Terra desde há mais ou menos 20 milhões de anos - a par de também enfatizar sobre a validade das verdadeiras profecias, vêm confirmar grande soma da sabedoria antiga, adicionando novos e fundamentais ensinamentos compatíveis com o momento mental e conscencional dos povos.

       Sabedores de que o novo ciclo planetário que se inaugurava, traria as naturais dificuldades e perigos imensos para todas as nações, buscaram esses Grandes Seres de Luz, através de todos os mecanismos possíveis, e pelas ações dos muitos fiéis e corajosos seguidores, abrir selos, cadeados e portas, onde nos interiores dos porões e submundos terrenos, os maquiavélicos conspiram há milênios contra a humanidade num diabólico planejamento de tomada da direção planetária. E isto incluiu sempre monarquias, impérios, castas, descendências elitistas, governos gerais e religiões.

       Esse execrável planejamento, eivado de crimes, manipulações de forças humanas e inversões de valores, contou e conta, principal e efetivamente, com o poderio mental e tecnológico de seres extra-planetários que desde os longínquos tempos lemurianos e atlantes solapam as bases do processo evolucionário terreno, provocando situações destrutivas contrárias ao que edifica a Grande Fraternidade Branca Universal. Como conseqüência destas manipulações, e a par de um processo cármico natural, desencadeiam-se guerras fratricidas, epidemias, desastres ecológicos, divisões entre nações, ódios raciais e religiosos, explorações, misérias, fome, desamparos, prostituições, tragédias, etc., que poderiam ser evitados ou minimizados. Autoridades políticas e governamentais em todo o planeta, em assustadores índices, encontram-se enredados e dominados por tais mentes malignas que operam sob os véus das sombras através desses fantoches encarnados. Em situações especiais, para suas finalidades de maior interesse, esses invasores planetários e seus asseclas terrenos agem diretamente na matéria por seu conhecimento das leis ocultas, ou materializam-se através de meios horrendos onde humanos dominados mental e emocionalmente, fornecem-lhes de modo compulsório, em rituais negros ou em processos estimulados, os elementos energéticos de que necessitam através, principalmente, do plasma sanguíneo derramado, do sêmen da sexualidade aberrativa das orgias sem limites, e das energias repulsivas de baixa freqüência que os desregramentos humanos podem produzir.

       Enquanto os Mestres da Luz vieram trazer os esclarecimentos, a proteção, a confiança e o apoio a fim de que um número cada vez maior de pessoas possa transpor definitivamente os portais que se abrem para novos e redentores horizontes, onde matéria e espírito, como ciências complementares, finalmente conviverão com laços de verdade e clareza, os inimigos do planeta, opostamente, continuam a conspirar, aliciando e dominando com seus poderes hipnóticos e magias mentais e astrais, a tantos irmãos terrenos distraídos e desavisados, a céticos blindados e rebeldes e a tantos quantos por suas tibiezas morais possam ser manietados.

       A inclinação natural humana de um convívio fraterno mundial com todas as raças e povos, não interessaria aos opositores, sendo na verdade o maior obstáculo para seus negros planos de domínio da Terra. Por isso, cada vez mais buscaram dividir e iludir as mentes vagantes e desatentas, com filosofias supostamente racionais e ciência concreta, onde a possibilidade da fé e sensibilidade mental em direção a todas as correntes religiosas, filosóficas e esotéricas que caminham sempre para o Deus Criador, pudessem ser descartadas em prol de um pensamento opositor fortalecido pelo completo vazio ateísta e estímulos aos erros antifraternais e desumanos. Mesmo espiritualistas foram e ainda são atraídos por envernizados sofismas ditos racionais, que lhes afrouxam a fidelidade e a certeza do conhecimento oferecido em milênios pelas correntes verdadeiras e saudáveis da espiritualidade e princípios que conduzem à exatidão das aspirações religiosas. E ao escapar-lhes os elementos maiores e mais bem sedimentados para as reflexões procedentes, confundem-se, desacreditam e aderem ao falso, virando para aquilo que os inteligentes mestres da face negra induzem e trabalham com seus nefandos e milenares planos.

       No entanto, nos informam os poderosos Seres de Luz de Shamballa e da Grande Fraternidade Branca Universal, da destruição de valores sofismadores do espírito, propositalmente sedimentados em celeiros de enganos e perversões religiosas e filosóficas, consubstanciados em cristalizadas egrégoras de um passado longínquo, e para nosso inteiro bem, da salvaguarda da verdadeira sabedoria religiosa, espiritual e filosófica que vem orientando o espírito humano essencialmente para a liberdade. Modernos e mais valorosos conceitos serão a partir deste evento congregacional estabelecidos, a fim de que se façam compatíveis e condizentes com as aspirações de mentes mais avançadas que já superaram as visões distorcidas de um passado nebuloso e vencido.

       A Terra passa a não ser mais um lugar de expurgos e purificações compulsórias. Cumprem-se, assim, pelas palavras dos Mestres, as promessas de que a Era de Aquário será a Era Mental da redenção humana, da verdadeira ciência e do reconhecimento universal do espírito científico. A partir de agora, ao longo dos anos vindouros, veremos com nossos próprios olhos humanos essa realidade desenrolar-se pouco a pouco. Isso não significa que as dificuldades e as oposições das sombras se tenham repentinamente se esvaído, caídas definitivamente por terra, mas com certeza perderão muito de suas forças mediante esta derrota imposta pela grande ciência dos luminares Filhos de Deus. FIAT LUX!

Rayom Ra.

                                                  

A INSTAURAÇÃO DO PARLAMENTO ESPIRITUAL PLANETÁRIO

MENSAGEM DE MESTRA NADA

Meus amados:

       Que o amor do Pai Criador de todos nós batize, nos seus mananciais de cura e libertação dos estreitos parâmetros da visão humana, tudo o que não seja vinculado à sua “Inteireza” e à sua amplíssima cobertura criadora, como seiva primordial deste orbe em ascensão!

       Nesta data de hoje já podemos fazer serem conhecidas de vós as ações primeiras do conselho especial de Mestre Lanto, nesta semana de reprogramações do pensamento humano.

       É com alegria indizível e com o coração abarrotado de esperanças renovadas que venho até vós para discorrer sobre a maravilhosa promessa de bênçãos que jorrarão, a partir de agora, de nossos novos mananciais de amor ao planeta, aglutinados em forma de uma encantadora modalidade de gerenciamento do novo mundo onde ora habitais: o “Parlamento Espiritual Planetário”, hierarquia do governo espiritual da Terra, redirecionada por todos os sagrados seres que vêm participando de nossas solenes reuniões do templo dourado de Mestre Lanto, o Royal Teton, nesta semana.

       Neste quase completo ciclo de intervenção celestial na Terra, cuja conclamação à vossa participação magnética humana foi feita por este grande ser dispensador da chama dourada da sabedoria universal, especialmente às almas despertadas para a universalidade dos ensinamentos sagrados de todos os seres devotados à evolução da Terra, houve a ruptura definitiva dos amálgamas resistentes de pensamento segmentado, em forma de doutrinas e religiões terrenas, nas plataformas espirituais etéricas, o que resultará em paulatinas modificações das teorias e fundamentos de vossa cultura planetária, por todos os prismas possíveis.

       Aqueles especiais seres humanos, realmente sintonizados com a fraternidade ecumênica, despidos de vaidades e egolatrias, estiveram presentes nesta importante empreitada de renovação das egrégoras de sabedoria planetária.

       A veracidade de nossos propósitos evolutivos fez deste conclave mundial entre seres espirituais e seres encarnados um recurso excepcional de sustentação espiritual vibratória aos seres terráqueos, na forma de respaldo sólido, consistente e consciente de ações para a Unificação Espiritual entre as correntes verídicas de pensamento humano, incluindo os enfoques científicos e metacientíficos de toda a realidade espiritual que permeia as vidas no plano terrestre.

       Nestas reuniões convosco, nesse templo de vívido dourado, dentre os milhares de seres presentes, tanto de vossos reinos materiais, ainda em corpo físico, como de nós, dos planos da liberdade eterna, maravilhosas decisões foram o resultado, embora ainda parcial, desta decisiva fase de substituição das egrégoras de sabedoria planetária.

       Após extensas jornadas diuturnas de destruição das camadas atômicas de fortes plasmações humanas de pensamentos religiosos e filosóficos, como de todas as que têm regido padrões morais, éticos e valorativos de muitas instituições terrenas, foram todas elas, até a data de ontem à noite, para o ocidente, desabilitadas pelas equipes de especialistas na dissociação  de moléculas densificadas das correntes de pensamento humano.

       Enquanto se processavam estas explosões gerenciadas pelos seres especialistas do espaço, nesta área, acontecia, ao mesmo tempo, num movimento incessante de ida e vinda de novos mensageiros humanos, trazidos nas horas de seu repouso físico, um cadenciado movimento de adestramento de seus seres, para providenciarem, de forma viável, as estruturas conceituais em forma de blocos monolíticos de escritas revolucionárias, para a conscientização da humanidade sobre esta virada conceitual deste século: a “Unificação das Verdades Espirituais” e a administração dos planejamentos terráqueos das nações, em todos os seus âmbitos, pelo "Parlamento Espiritual Planetário", habilitado para ingerir em todas as áreas da vida material e espiritual em vossa moradia cósmica, pela transdiciplinariedade de seus representantes.

       Quando exalavam, para o êxito de nossas tarefas, a sua substância própria de fluido animal, em forma de abundante ectoplasma, outras equipes de seres humanos se empenhavam em irem construindo, após planejamento criterioso e cuidadoso, por parte dos grandes mestres responsáveis pelos raios do conhecimento universal, uma enorme teia, como uma nova tela búdica do planeta, totalmente adequada ao nível frequencial atual da Terra.

       A forte, vigorosa, vibrante e elástica teia, tal qual um novo ninho de amor, como os construídos pelos vossos pássaros, para receberem seus rebentos nascidos, será para onde iremos concentrar, daqui para diante, as plasmações mentais de todos os novos seres que desabrocharão na Terra, como intermediadores de verdades universais.

       De vossos próprios corações e mentes transmutados em chamas de maior discernimento, como os dos que chegam como crianças à nova Terra, com novas disposições mentais, para ampliarem o espectro de matizes de idéias e conceitos espirituais renovadores para o vosso mundo, nascerão as novas bibliotecas de sabedoria humana, num novo contexto energético do vosso globo, então.

       Ressurgirá a nossa amada Terra, como organismo estelar redivivo, para encarnações de magistrais seres intergalácticos, que farão evolver, ainda mais, o vosso orbe azul, às esferas correspondentes aos níveis frequenciais do planeta Vênus, tutor sideral das eras de renascimento da vossa amorosa Gaia, contida em seu ímpeto de ascensão, durante todos esses milênios, pela ignorância dos seus seres de evolução embrionária.

       A destruição das egrégoras antigas da vossa segmentada sabedoria planetária teve o êxito esperado, e logo que desvanecidas as brumas destas sombrias nuvens criadas a partir das referidas explosões, tais quais as de vossas bombas atômicas, o ar de vosso planeta já começará a proporcionar uma nova realidade atmosférica, pela nova disposição molecular das linhas etéricas dessas teias egregóricas, que irão capturar e fazer retornar para a Terra, num rebombeamento gradativo e amplificado, o sangue energético novo, do novo corpo de Gaia, na forma do alimento intelectual atualizado.
 
       Este manancial equivalente às necessidades já de muitos de vós, e que redimensiona todas as ações da engrenagem social na Terra, faz se tornarem, então, as vossas novas metodologias de ação condutora dos procedimentos de ordem pragmática, solidárias, altruístas e evolutivas, como consequência paulatina dos novos padrões mentais humanos, embasados totalmente, a partir de então, nos princípios de ordem espiritual.

       A cada novo ciclo terreno, advindo dos novos pensamentos humanos, desarraigados de apegos doutrinários e unificados na dimensão física prática de vossas vidas, e interagindo com os eventos ascensionais das dimensões espirituais, a Terra se torna próxima de sua Era Dourada.

       Soubemos, pelos aparelhos de comunicação astral-espiritual, com suas telas gigantes, da proporção da revolta dos planos inferiores da Terra, quando souberam desta modificação absoluta do quadro ultrapassado das correntes de pensamento humano, que já, há muitos séculos, enraizavam-se nas colunas e alicerces de seus laboratórios escuros, onde suas mancomunações atingiam, então, a partir dessas raízes profundas acorrentadas aos seus antros trevosos, as mentes humanas, para que, engessados nas suas visões antiquadas de pensamento religioso e valorativo, fossem postergando as mudanças imprescindíveis de abertura da mentalidade humana, rumo às suas novas elucubrações universalistas e ações humanistas para o bem geral das populações terráqueas.

       Não existe poder nas resoluções dos planos sombrios da Terra!

     O nosso Pai e todos nós, os seres responsáveis pela condução espiritual da Terra, apenas temos aguardado os ciclos e as eras para podermos, juntos, na hora aprazada pelo relógio divino, executarmos as ações de dissolução de suas pertinazes artimanhas milenares.

       O processo dos infernos astrais tem se amparado nas vossas próprias disposições mentais, emocionais e valorativas. Tudo quanto tomou proporções inconcebíveis, nos mundos sombrios, deu-se pela própria condição humana de realimentação constante desses vínculos de codependências e simbioses espirituais entre seres encarnados e seres desencarnados.

       O exército de sombras na Terra só tem existido e só vem agindo nas vidas dos seres humanos e na própria topografia terrestre, através de suas investidas às camadas tectônicas subterrâneas, pela capacidade dos seres humanos de realimentá-lo, permanentemente, com a sua condição vibratória de egocentrismo e ânsia pelos poderes efêmeros da Terra.

       No entanto, quando mudam, agora, por decisão divina, os padrões energéticos evolutivos de vossa estância planetária, até então voltados para o ciclo de rodas cármicas, provações e expiações, advindas de processos egóicos de seus habitantes, e esta estância ascende, pela lei universal, a uma nova órbita gravitacional, de um novo plano dimensional equivalente às suas mudanças de pensamento de sua sociedade, aquele exército sombrio chega, igualmente, ao seu tempo de extinção.

       Receberão daqui para frente, esses algozes da Terra, as oportunidades para seus espíritos aguilhoados às praticas do mal e às tentativa insanas de promoverem e enraizarem pensamentos retrógrados nas suas bases astrais de influenciação nas vidas humanas, que não mais, no entanto, lograrão permanecer, condicionando a humanidade na estagnação de seus modos de pensar e agir.

       Justamente agora, neste momento cíclico exato de vossas vidas terrestres, começa a acontecer de forma decisiva e espiritualmente científica, a derrocada de milhares de nós energéticos que obstruíam a tela antiga da egrégora de sabedoria planetária, que reabastecia, continuamente, as mentes humanas, para a revivescência constante de modalidades de interpretação equivocada da realidade humana e espiritual, que causavam a discórdia entre os setores todos de vossa sociedade.

       O novo arcabouço reservatório do futuro intelectivo humano, construído nestes dias de união de esforços nossos e vossos, como um grande ventre branco-dourado, de fiações em forma de rede intransponível pelas trevas, passa a comportar as matrizes palpáveis, nos planos etéricos, das novas idéias já reinantes em vários segmentos de vossa sociedade, embora ainda em confronto com as arcaicas manifestações discriminatórias de instituições solidificadas como detentoras da verdade religiosa absoluta.

       A partir desta resolução de Mestre Lanto, com aquiescência divina, como a de Maytréa, Sananda, Saint Germain e de Sanat Kumara, e com a colaboração de milhares de seres envolvidos nesta tarefa, e pela sua autoridade perante a humanidade, como ser confederado em patamares diretores da evolução dos mundos, de galáxia superior à vossa, demovendo estas teias sinistras que perpetuavam as idéias retrógradas e oportunistas em vosso planeta, passa, então, a vigorar na Terra, o novo padrão de governo espiritual de vosso orbe: - o “PARLAMENTO ESPIRITUAL PLANETÁRIO”, após a recriação da teia referida.

       Ainda permaneceremos nós, até a consolidação da implantação definitiva da Cruz Sagrada nas plagas astrais telúricas da Terra, e especialmente no solo astral do Brasil, em conexão com os procedimentos espirituais que estão acontecendo no interior deste templo dourado de mestre Lanto, em reunião de esclarecimentos estatutários de ordem espiritual governamental do vosso planeta.

       Descerá novamente à Terra, em corpo espiritual densificado, na data de 06 de agosto, e na passagem para o dia 07 de agosto, adentrando o dia 8 de agosto de 2010, quando já estiverem devidamente assentadas, de forma sólida e irremovível, as pilastras novas do Universalismo Espiritual em padrões espirituais e sócio-político-filosóficos embasados na Cosmoética e na "Unificação" linear dos conhecimentos, o nosso amado Sanat Kumara, selando, com a sua presença iluminada, todos os laudos dos novos organogramas de direção espiritual das novas egrégoras de sabedoria da Terra, que estão ainda sendo delineados em suas particularidades até a data prevista para o seu término, por Mestre Lanto.

       Ficam já estabelecidas, então, como já afirmamos, a partir da vitoriosa intercessão divina pela derrocada dessas plataformas de idéias empoeiradas na antifraternidade, as novas redes eletrônicas, tecidas engenhosamente pelos especialistas siderais em construção de artefatos planetários de captação e retroalimentação de pensamentos de suas populações.

       Resta-nos, conforme a pauta estipulada por El Morya e Hilarion, ao lado de Lanto e tantos outros majestosos seres, a partir de hoje, após todo o maravilhoso trabalho de todos nós e vós conjuntamente, ampliarmos o leque de decisões de cada departamento deste novo Parlamento Espiritual instituído, cada qual com os seus representantes do nosso plano, responsáveis por critérios das múltiplas estruturas e organizações planetárias.

       Regendo o planeta a partir de seus nobres valores, e através das suas idéias, manifestadas por palavras, passam, os novos parlamentares deste ciclo planetário, a assinar decisões espirituais e a interagir de forma absoluta com as vossas mentes encarnadas em seus múltiplos ofícios de ordem material e espiritual.

       Essa é a importância de se ter uma nova egrégora de sabedoria planetária: a de a humanidade reger-se por crenças novas, de ampla abertura sobre as particularidades de cada coisa, pessoa, situação, ou pensamento específico sobre a vida na Terra, mudando, de forma visível, o cenário dos projetos e aspirações humanos.

       Muitos seres, representantes de idéias, que trafegaram na vossa casa planetária e que, até então, fizeram acontecer, através de seus valores, que geraram ações, uma infinidade de calamitosas ocorrências maquiavélicas, amparavam-se nas estruturas milenares de vossas egrégoras destituídas do “Fator Amor”, hoje a vibração mais poderosa desta nova teia gigante de plasmações mentais, construída pelos mais amoráveis seres universais atrelados às funções de direção equânime de vosso planeta.

       Oportunamente, daremos ciência de todos os nomes e funções de cada representante de idéias na Terra, de acordo com tantas veias distintas das ocorrências planetárias.

       No entanto, para uma iniciação a estas novas disposições parlamentares de ordem espiritual em vosso planeta, de forma sucinta, informamos a todos vós, amados, que passam o vestir a túnica azul índigo, indumentária de administradores do pensamento humano, duas criaturas de exemplar estatura espiritual, eleitas pelas supremas autoridades do planeta e das hierarquias celestes.

       São elas duas luzes de irradiação esplendorosa, no Oriente e no Ocidente: Alziro Zarur e Krishnamurti.

       Nosso querido Alziro Zarur, bandeirante da luz, vanguardeiro espiritual, na 
sua clara concepção de mundo e de espiritualidade, sendo alma devotada à expansão da consciência humana por ser um mensageiro divino, originário de Vênus, após a destruição de Erg,  já havia trazido ao mundo a sua cooperação brilhante, na forma de um desforço incomum de reunir o rebanho divino nos braços de um só pastor.

       Já falava ele do parlamento espiritual, do ecumenismo e do ecletismo, quando encarnado em vosso orbe, pois tinha o horizonte sobre a vida humana bem decifrado à sua visão de amplo alcance.

       Krishnamurti, por sua vez, sempre se negou a pretender ser um guru espiritual e falava do comportamento humano, numa linguagem aprimorada, humilde e sábia, na vertente de que a verdadeira necessidade de cada criatura humana está em descobrir os seus caminhos próprios, baseados na suas vivências pessoais e não nas religiões.

       Sabedoria essa conquistada em suas milhares de romagens pelos esquemas evolutivos de outros planos de vida, tendo, inclusive, compartilhado existência física, ao lado de Buda, como um dos seus conselheiros especiais.

       Ambos estes seres de luz arrebatadora estiveram conosco, nestes quatro primeiros dias de discussões e provisões de alimento espiritual novo à Terra.

       Seus pontos de vista primam pela unificação de enfoques espiritualizantes, tal como os de Mestre Lanto, de Mestre El Morya e muitos de nós e muitos de vós, que têm estado conosco, em horários distintos de nação para nação, neste conclave que não ficou registrado para muitas de vossas nações como cometimento sério estipulado pelas hierarquias divinas, mas que contempla a vossa adesão paulatina às novas abordagens explicativas de todos os mestres reais comunicantes em vosso planeta.

       Foram estes seres, provindos do oriente e do ocidente em suas últimas vidas de ascensão do esquema de vidas materiais nesta galáxia, que nos propusemos a apresentar a vós, nesta mensagem, como expoentes de luz em vosso planeta, embora não conhecidos por todos os vossos povos.

       O motivo desta exposição de seus nomes, particularmente, prende-se ao fato de terem sido destacados como insignes vultos da humanidade em nosso conclave ainda em fase de arremates de ordem prática.

       Tendo sido designados pelo Pai para expandirem a consciência da Unidade em vários pontos do planeta, já há algum tempo, sem mesmo que a mentalidade humana os tivesse aceitado em seus inovadores ensinamentos, situam-se eles, (ambos provindos do planeta Erg, e logo após, Vênus, hoje aquele primeiro pulverizado como o cinturão de fótons que conheceis), no andar de referência “au concour”, diante de todos nós e vós, pelas suas obras espirituais primorosas e portentosas, em centenas de orbes materiais de várias galáxias.
        
o   o   o

       Algumas das discussões deste conclave a serem esclarecidas na sua íntegra em próximas mensagens:

       - Ficando criado e estabelecido o "PARLAMENTO ESPIRITUAL DO PLANETA TERRA", composto de todas as hierarquias regentes deste globo, como modalidade diretora das ações espirituais no planeta Terra, a Unificação de muitos segmentos doutrinários sobre verdades planetárias e universais, passa a ser o enfoque de todas as correntes espiritualistas, através de seus representantes encarnados, presentes em corpo espiritual ao conclave especial de "Transmutação das Egrégoras de Sabedoria Planetária."

       - Sedimenta-se a linha kardecista como alicerçadora e gerenciadora da renovação mental, emocional e conectiva – espiritual dos seres humanos com as regiões espirituais e os resgates astrais.

       - Revitalizam, as hostes da Grande Fraternidade Branca Universal, o panorama histórico dos regentes primeiros do planeta, governando o orbe terráqueo,  no intuito principal de ancoragem das mônadas venusianas na Terra, além da condução de roteiros de conexão com seres e eventos de ordens celestes.

       - Aos amoráveis seres de Aruanda, com a sua sabedoria ímpar a respeito da AUM BHAN DAN, códigos de magia ancestral universal, vinculados às virtudes da coroa divina, designou-se o titulo-função de Sustentadores Vibratórios do Planeta Terra, pela estruturação das origens dos seus elementos naturais ancestrais primevos.


       - Outras igrejas e doutrinas foram contextuadas neste evento solene, sendo que serão expostos aos poucos todos os pronunciamentos sobre as mudanças previstas para cada uma delas.
                                                                                        
       - Sereis todos vós informados de todas as outras resoluções deste importante conclave mundial espiritual de Mestre Lanto e demais mestres e vultos veneráveis presentes, em próximas mensagens nossas e de nossos amigos galácticos incumbidos de esclarecer-vos sobre nossos novos projetos espirituais, em modalidade diretora de parlamentarismo planetário para decisões sobre todas as instâncias administrativas humanas e espirituais de vosso orbe renovado em suas constituições egregóricas.

Com meu amor grandioso, rubi dourado e eterno, por todos,
MESTRA NADA

[Leia Rayom Ra (Rayom_Ra) on Scribd | Scribd em páginas on line ou em downloads completos]
[Os textos do Arca de Ouro, por Rayom Ra, podem ser reproduzidos parcial ou totalmente, desde que citadas as origens]

Rayom Ra                          

Nenhum comentário:

Postar um comentário